11º CONGRESSO INTERNACIONAL DA SBENDO
Área Restrita

O QUE CONSTITUI UMA EMERGÊNCIA ODONTOLÓGICA?

Esta orientação pode mudar à medida que a pandemia do COVID-19 progride. Os dentistas devem usar seu julgamento profissional para determinar a necessidade de um paciente de urgência ou emergência.

 

EMERGÊNCIAS DENTÁRIAS

 

Emergências dentárias são n ecessárias quando potencialmente ameaçador a vida requer tratamento imediato.

* Para parar hemorragia dor ou infecção intensa e incluem:

* Sangramento não controlado

*Abscessors Celulites infecção intra-oral ou extra-oral

*Inchaço que potencialmente comprometa a via aérea do paciente

*Trauma envolvendo ossos faciais, comprometendo as vias aéreas do paciente

 

URGÊNCIA DENTÁRIA

 

O atendimento odontológico urgente concentra-se no gerenciamento de condições que requer atenção imediata para aliviar dores intensas e / ou risco de infecção e aliviar o fardo das emergências hospitalares

 

• Dor dentária intensa por inflamação pulpar

• Pericoronarite ou dor no terceiro molar

• Osteite pós-operatória cirúrgica, troca de curativos de cavidade seca

• Abscesso ou infecção bacteriana localizada, resultando em dor e inchaço

• Fratura de dente resultando em dor ou causando trauma nos tecidos moles

• Trauma dentário com avulsão / luxação

• Tratamento dentário necessário antes de procedimentos médicos críticos

• Cimentação final da coroa se a restauração temporária for perdida, está quebrado ou causando irritação gengival

• Biópsia de tecido anormal

 

OUTRAS EMERGÊNCIAS DENTÁRIAS

 

Cárie dentária extensa ou restaurações causando dor:

• Colocar restauração provisória quando possível (ionômeros de vidro)

• Remoção de sutura

• Ajuste da prótese em pacientes oncológicos

• Ajustes ou reparos na prótese quando há perda de função

• Substituindo o preenchimento temporário no acesso endôdontico em pacientes com dor

• Recorte ou ajuste de um aparelho ortodôntico fios ou aparelhos que perfurem ou ulcerem a mucosa oral

 

Os procedimentos odontológicos de rotina ou não urgentes incluem, mas não estão limitados a:

• Exames orais iniciais ou periódicos e visitas de recall, incluindo radiografias de rotina

• Limpeza dentária de rotina e terapias preventivas

• Procedimentos ortodônticos diferentes daqueles para tratar de problemas agudos (por exemplo, dor, infecção, trauma)

• Extração de dentes assintomáticos

• Odontologia restauradora, incluindo tratamento de lesões cariosas assintomáticas

• procedimentos odontológicos estéticos

 

A ADA reconhece que os governos estaduais e as associações odontológicas estaduais podem estar melhor posicionados para recomendar aos dentistas em suas regiões a quantidade de tempo para manter seus dentes. escritórios fechados para todos, exceto atendimento de emergência. Essa é uma situação fluida e os que estão mais próximos do problema podem entender melhor os desafios locais que estão sendo enfrentados.



Esta orientação pode mudar à medida que a pandemia do COVID-19 progride. Os dentistas devem usar seu julgamento profissional para determinar a necessidade de um paciente para atendimento de urgência ou emergência.

 

Fonte: www.ada.org

Patrocínio

Expositores

Apoio

Voltar

 Imprimir

 Topo

Entre em contato

prixeventos@prixeventos.com.br

© ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENDODONTIA LTDA. - Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva